Oeste Paranaense é Destaque: Veja quais são as cidades que oferecem melhor qualidade vida!

IPDM aponta que nove de 50 cidades do Oeste do Paraná estão no topo do ranking - Aqui você encontra a lista completa!

Itaipulândia

O IPDM – Índice Ipardes de Desenvolvimento Municipal – é quem é responsável por mensurar o progresso de nossas cidades em termos socioeconômicos, ou seja, em qualidade de vida para seus moradores. E, nesta quarta-feira (13/09) o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES) divulgou o resultado do último levantamento. Ele mostra que 28 novos municípios alcançaram o indicador de Alto Desempenho, o que mostra um aumento na qualidade de vida da população, no recorte de uma década. Em 2010, apenas Curitiba aparecia no topo.

Elaborado para todos os 399 municípios do Estado, o IPDM retrata o desempenho em relação à renda, que aglutina dados do mercado de trabalho formal e agropecuária; educação, com indicadores da área relevantes; e saúde, refletindo indicadores de mortalidade na infância, de monitoramento pré-natal e das mortes em geral.

O Oeste do Estado ganhou destaque, pois têm 9 de suas 50 cidades no topo do ranking: Cafelândia, Cascavel, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Maripá, Medianeira, Palotina, Quatro Pontes e Toledo. As demais são Araucária,  Cambira, Campo Mourão, Cianorte, Dois Vizinhos, Douradina, Francisco Beltrão, Jaguapitã, Joaquim Távora, Londrina, Mandaguari, Maringá,  Quatro Barras,  Paranavaí, Pato Branco, Santo Inácio, Sabáudia, Saudade do Iguaçu e Ubiratã, além da Capital.

Entre 2010 e 2021 houve significativo avanço no Paraná, com o número de cidades no topo desse ranking saltando de apenas uma (Curitiba) para 29 e atingindo o índicador Alto Desempenho (0,8 a 1). Já o indicador Médio Desempenho (0,6 a 0,79) reúne hoje 360 das 399 cidades do Estado, o que significa que apenas dez ainda figuram nos recordes Médio-Baixo Desempenho (0,4 a 0,59) e Baixo Desempenho (0 a 0,39).

Para conferir o índice obtido por cada cidade do Estado, basta clicar AQUI.

Fonte: Alerta Paraná e Ipardes.

Quatro Pontes
Anuncie aqui