Recolha em beira de estrada em Missal identifica muitas garrafas de vidro jogadas

A atividade faz parte da Semana do Meio Ambiente e foi coordenada por servidores públicos do município.

Na manhã desta segunda-feira, 05 de junho, Dia do Meio Ambiente, a Administração Municipal de Missal realizou mais uma atividade alusiva a Semana do Meio Ambiente. Foi feita a recolha de materiais na beira de estrada no trecho que liga Missal a Itaipulândia pelo antigo CTG. A recolha ocorreu até aproximadamente uma das pontes.

Servidores que atuam na Secretaria de Meio Ambiente do município executaram a ação e informaram que foram recolhidas duas bolsas cheias e um bag cheio. Além de plástico, latinhas, os colaboradores informaram que a maioria dos itens encontrados são garrafas de vidro, as garrafinhas long neck.

Estes materiais jogados na natureza demoram muitos anos para se decompor, causando um sério problema ambiental, podendo ser foco de doenças, como é o caso da dengue, por se tornar criadouro do mosquito transmissor, entre outros. O plástico leva aproximadamente 450 anos para se decompor, já para o vidro, o tempo é indeterminado, portando, é muito tempo.

As garrafas Long Neck, possuem uma embalagem sem muita resistência, o que impossibilita o retorno para um segundo envase. E quando jogada no meio ambiente se torna um grave problema ambiental, como já citado. O vidro é um dos materiais que podem ser reciclados, no entanto, é preciso uma destinação correta, assim como latas, garrafas pet, pacotes de salgadinhos, de bolacha, embalagens, entre outros resíduos.

A secretaria vai realizar ainda outras recolhas em beira de estrada, a fim de fazer uma limpeza momentânea, porém, é preciso a consciência das pessoas que frequentam nestes locais. Os resíduos devem ser destinados corretamente e o que é reciclável pode gerar renda a muitas famílias que tem na coleta seletiva a fonte de sustento da família. Descarte estes materiais de forma adequada, preserve o meio ambiente.

Anuncie aqui