PREFEITO DE RAMILÂNDIA FIRMA COMPROMISSO HISTÓRICO: PISO SALARIAL PARA ENFERMAGEM É UMA REALIDADE

Proposta estabelece valor justo para profissionais da saúde e amplia reconhecimento à enfermagem.

Prefeito Edson dos Santos reconhece a importância dos profissionais da saúde de Ramilândia.
Anuncie aqui

Na tarde desta segunda-feira, 9 de outubro, um marco de valorização da saúde e reconhecimento dos profissionais da enfermagem foi exercido em Ramilândia. O prefeito Edson dos Santos, com determinação e visão, assinou o Projeto de Lei que estabelece o piso salarial para os dedicados profissionais que compõem essa categoria essencial.

A proposta, que agora segue para análise na Câmara de Vereadores, define o piso salarial profissional nacional para os cargos de enfermeiro, técnico de enfermagem e auxiliar de enfermagem. Com um olhar atento à justiça e à equidade salarial, os valores propostos são de R$ 4.750,00, R$ 3.325,00 e R$ 2.375,00, respectivamente.

Esse passo significativo representa o alinhamento de Ramilândia com as diretrizes federais, garantindo que os profissionais de enfermagem recebam um salário justo pelo seu trabalho incansável em prol da saúde da comunidade. O Projeto de Lei reflete a seriedade da gestão municipal, comprometida em garantir uma estrutura de saúde fortalecida e profissionais valorizados.

Ao destacar a importância da enfermagem no município, o prefeito Edson dos Santos ressaltou: “A implementação deste piso é uma forma de consideração o trabalho fundamental que a enfermagem realiza, garantindo a saúde e o bem-estar dos cidadãos de Ramilândia.” Uma afirmação de que ecoa o compromisso da administração atual com o bem-estar dos profissionais e, por consequência, com a saúde da população.

A vice-prefeita Márcia, por sua vez, enfatizou o comprometimento da gestão com a valorização dos servidores e a transparência nas ações. “Graças a uma gestão focada na responsabilidade e no uso consciente dos recursos públicos, garantimos que todos os nossos profissionais recebam um salário justo e digno”, comentou.

O município de Ramilândia aguarda agora a tramitação deste projeto na Câmara, esperando que, ao ser aprovado, reforce o compromisso do poder público com os profissionais que dedicam suas vidas ao cuidado da população. Esse é um passo histórico em direção a uma saúde mais justa e equitativa para todos.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ramilândia.
Anuncie aqui