Missal responde ao chamado da solidariedade: R$ 21.076,00 para vítimas do ciclone no RS

A fé move montanhas, mas em Missal e Região, ela também move corações. O Padre Nivaldo Aguilera, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, liderou uma campanha surpreendente de ajuda às vítimas do ciclone no Rio Grande do Sul, que já deixou 46 mortos. O resultado? Uma chuva de solidariedade!

Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Missal
Anuncie aqui

Há cinco dias, um vídeo comovente do Padre Nivaldo Aguilera, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Missal, viralizou nas redes sociais. Nele, o Padre fazia um apelo emocionado à comunidade local para ajudar as vítimas do terrível ciclone que assolou o Rio Grande do Sul. Hoje (13/09), em um novo vídeo divulgado, o Padre revelou que a resposta foi nada menos que milagrosa. As doações, feitas através de pix e em dinheiro, ultrapassaram todas as expectativas, totalizando a incrível quantia de R$ 21.076,00 em Missal.

Esse gesto de solidariedade não só aqueceu os corações dos moradores locais e da região, mas também fornecerá um alívio muito necessário para as vítimas da tragédia no sul do país. O dinheiro será encaminhado para a regional da Igreja Católica do Rio Grande do Sul, que está coordenando os esforços de ajuda na região atingida.

Até o momento, a devastação causada pelos temporais e pelo ciclone extratropical já resultou em 46 mortes confirmadas. No entanto, a generosidade demonstrada por Missal é um raio de esperança em meio à escuridão que assola as cidades mais afetadas no Rio Grande do Sul.

Enquanto as doações locais surpreendem, o governo federal também tomou medidas para ajudar. Um total de R$ 741 milhões em recursos foram garantidos para os municípios gaúchos afetados, visando a reconstrução das áreas atingidas e o apoio às famílias que perderam tudo.

No entanto, a batalha está longe de terminar. De acordo com o boletim meteorológico divulgado pela Sala de Situação do Governo do Rio Grande do Sul, novos desafios surgem no horizonte. Espera-se um alto volume de chuva e temporais nos próximos dias, com foco particularmente na metade sul do estado.

As cidades mais afetadas do Rio Grande do Sul, como Campos Borges, Venâncio Aires, General Câmara, Gravataí, Nova Alvorada, Nova Prata, Eldorado do Sul, São Valentim do Sul, Vila Maria, Guaporé, Dois Lajeados, Arvorezinha e Anta Gorda, continuam enfrentando um cenário de desolação e necessitam desesperadamente de ajuda.

Enquanto a natureza lança seus desafios implacáveis, a solidariedade de Missal oferece um vislumbre de esperança para as comunidades do Rio Grande do Sul, que lutam para se recuperar de uma das piores tragédias em anos. Neste momento de dor e incerteza, a fé e a solidariedade mostram-se mais fortes do que nunca.

Se você também quer contribuir com a Campanha em favor das vítimas do Rio Grande do Sul a chave Pix é essa (CNPJ): 77945152001244

Mitra Diocesana de Foz do Iguaçu.

Anuncie aqui