Homem de 26 anos agride enteados e é preso em Missal

Contra ele já tinha um mandado de prisão em aberto por agredir uma mulher.

Foto feita enquanto o homem era transferido para a Polícia Civil de Missal. (Créditos: Junior Andrade - Oeste Agora)
Anuncie aqui

Por volta do meio dia desta sexta-feira (12-05), a Polícia Militar de Missal recebeu uma denúncia de agressão pelo aplicativo 190 de que um homem estaria agredindo a mulher e os enteados com um fio, na casa deles, que fica no Bairro Renascer, em Missal. A equipe foi até o local e falou com a mulher, que estava bastante nervosa. Foi quando os policiais pediram para ver as crianças e logo viram as marcas, os vergões no braço de um deles, de quatro anos. A outra criança de oito anos, não tinha marcas aparentes, mas falou a PM que foi agredido semanas antes.

A mulher disse que o marido não estava em casa, mas como na denúncia falava também que tinha uma arma de fogo, a equipe pediu autorização para fazer buscas na casa e a mulher autorizou. Ao entrar no quarto e abrir o armário, o suspeito foi encontrado escondido ali em meio as roupas, de imediato a equipe deu voz de prisão ao mesmo pela violência doméstica causada no menor de quatro anos.

Na casa a equipe encontrou também um revólver. A mulher disse a polícia que não denunciou o marido por que tinha medo que ele fizesse algo contra ela e seus filhos.

Ao consultar o sistema, o Sargento Donizetti e o Soldado Marcelo, encontraram um mandado de prisão em aberto contra o homem de 26 anos, por infringir a Lei Maria da Penha. Diante disso, a arma e o preso foram encaminhados à delegacia da Polícia Civil de Medianeira. O Conselho Tutelar esteve presente e acompanhou todos os procedimentos em Missal.

Anuncie aqui