Mulheres do Projeto Nosso Lar de Missal participam de atividades com alunas do Curso de Terapia ocupacional da Uniguaçu

O projeto integra os programas do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).
Anuncie aqui

Dias atrás as mulheres participantes do Projeto Nosso Lar em Missal receberam algumas atividades preparadas pela turma do sétimo período do curso de Terapia Ocupacional da Uniguaçu. O projeto integra os programas do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).

A turma na Faculdade Uniguaçu de São Miguel do Iguaçu realiza estas atividades por intermédio do estágio de atenção primária a saúde, e estiveram acompanhadas da preceptora e professora Caroline Cavali. A instituição de Ensino Superior disponibiliza o curso com duração de 4 anos em período noturno.

Dentro de sua grade curricular, para conclusão do curso, o aluno necessita cursar 6 estágios supervisionados em campo, em período diurno, sendo eles: Atenção Primária a Saúde, Saúde Mental, Disfunção Física, Saúde da criança, Saúde do Idoso e Saúde do Trabalhador. E uma destas atividades foi em Missal.

Terapia Ocupacional na Atenção Primária à Saúde

O Terapeuta Ocupacional na atenção primária à saúde tem como papel principal promover a participação do sujeito nas diferentes áreas de sua vida, levando em consideração o contexto social, territorial e o cotidiano das pessoas acompanhadas.

Os objetivos utilizados são: facilitar, reconhecer e promover a participação dos indivíduos nas ocupações realizadas no cotidiano e nos territórios em que vivem; promover uma maior participação das pessoas nos diferentes contextos sociais e comunitários; e, potencializar suas habilidades a partir das intervenções nesse cotidiano.

Qual a importância deste Trabalho?

A terapia ocupacional tem por interesse as atividades realizadas pelos sujeitos, e essas atividades são desempenhadas no dia a dia. É a partir dessas atividades que as pessoas se relacionam entre si, participam do processo produtivo da sociedade, vivenciam a cultura da qual fazem parte e se tornam quem elas são.

Porém, quando devido alguma patologia, trauma, ou dificuldade de realização dessas atividades pelo individuo, é o profissional de Terapia Ocupacional que habilita ou reabilita o sujeito a voltar a realizar a mesma demanda.

Fonte: Assessoria da Prefeitura de Missal

Anuncie aqui