Jornalistas morrem em grave acidente na PR 467

Shara Karoliny Miranda e Celeste Pereira não resistiram e morreram logo depois do acidente que aconteceu em Cascavel.

Foto: Catve
Anuncie aqui
Anuncie aqui

A repórter do Grupo Catve, Shara Karoliny Miranda, de 25 anos e a jornalista Celeste Pereira, de 24 anos, morreram na manhã deste domingo (12-02) em um grave acidente de trânsito na BR 467, em Cascavel.

Shara foi ejetada de um Honda Civic que capotou, embaixo do viaduto Domiciano Theobaldo Bresolin, de acordo com socorristas, quando a equipe chegou no local do acidente, ela estava em parada cardiorrespiratória, foram feitas manobras de ressuscitação mas Shara não resistiu.

Shara Karoliny Santos Miranda de Souza, nasceu em Curitiba, tinha 25 anos, trabalhava no grupo Catve há três anos. Ela deixa uma filha de 4 anos. 

Shara Karoliny Miranda
Foto: Redes Sociais

Celeste Pereira era de Quedas do Iguaçu, mas morava em Cascavel e trabalhava em uma agência de publicidade, ela era filha única.

Celeste Pereira
Foto: Redes Sociais

Outros dois jovem ficaram feridos, o motorista de 23 anos foi socorrido e encaminhado para o hospital com ferimentos leves, o passageiro, sofreu escoriações e recusou encaminhamento.

O carro seguia sentido Trevo Cataratas/Toledo, o motorista perdeu o controle da direção e capotou cerca de 100 metros.

As duas moças estavam no banco de trás do Honda Civic.

Grupo Catve, se pronunciou dizendo que solidariza com familiares e amigos, sentindo muito por essa perda tão prematura. Shara se formou pelo Centro Universitário FAG em 2022 e estava como repórter do Jornal da Catve e EPC. 

Fonte: Catve

Anuncie aqui