Pai suspeito de matar o filho bebê a pauladas é preso em flagrante

A mãe está grávida de quase nove meses e tem outra filha de quatro anos. O caso ocorreu em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba.

Foto: Bruna Froehner / RICtv)
Anuncie aqui
Anuncie aqui

Um homem foi preso em flagrante suspeito e matar a pauladas o próprio filho, um bebê de um ano e sete meses. O caso ocorreu em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba.

A descoberta do crime aconteceu quando o casal levou o bebê à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Magro, por volta das 12h50 de quarta-feira (08-02), alegando que levou porque a criança estava gelada. Mas na verdade, o bebê já estava morto há cerca de quatro horas.

Ao examinar a criança, os médicos e enfermeiros constataram muitas fraturas no corpo do bebê. Os pais disseram que a criança tinha caído no banheiro de casa no dia anterior, por volta das 15h.

No entanto, as fraturas na cabeça, com afundamento de crânio, não eram compatíveis com uma queda, e sim com agressão. A criança também tinha um corte na mão esquerda.

Os médicos acionaram o Conselho Tutelar e as Polícias Civil e Militar, que prendeu o pai em flagrante pela suspeita de assassinato da criança.

Mãe grávida

A mãe, que foi junto levar o bebê à UPA, está grávida de quase nove meses. Os dois entraram tranquilos na UPA e, quando recebeu a notícia da morte do filho, a mulher teria dito aos médicos que aquilo era um sentimento comum pra ela, pois já sofreu com dois abortos.

A mãe já tem outra filha de quatro anos, que foi recolhida pelo Conselho Tutelar. A mulher foi levada à delegacia para esclarecimentos.

Fonte: Ric Mais

Anuncie aqui