Caso de comoção em Medianeira e Região: Investigado por agredir jovem com chute em 2018 vai a júri popular na terça-feira

A vítima só não morreu porque foi socorrida por uma enfermeira que estava no local, a qual realizou a desobstrução de suas vias aéreas.

Anuncie aqui
Anuncie aqui

Nesta terça-feira (17-01), acontece o júri popular do acusado de agredir com chute o jovem Gabriel Yuri Alves, fato ocorrido no ano de 2018, e que teve grande repercussão na ocasião.

Na data do ocorrido, o acusado André Ricardo Izoton, iniciou uma discussão com a vítima Gabriel Yuri Alves, o qual demostrou intenção de sair do local. Contudo, em ato contínuo, o suspeito iniciou uma discussão com uma testemunha, sendo que a vítima não participou desse evento, o qual inclusive estava conversando com outra pessoa, de modo que o investigado subitamente deu um chute no rosto da vítima, deixando o desacordado.

Ainda de acordo com a decisão do Poder Judiciário na ocasião da pronúncia do réu, a vítima só não morreu porque foi socorrida por uma enfermeira que estava no local, ela realizou a desobstrução de suas vias aéreas, evitando assim uma parada cardiorrespiratória. Depois da agressão, o acusado ainda teria se vangloriado do ato, dizendo “depois do bicudo que eu dei nele, não sei se ele acorda mais”.

Redação: Guia Medianeira

Anuncie aqui