Escolha da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Itaipulândia termina SEM votação

Cinco vereadores optaram por se retirar da sessão depois que o Presidente desrespeitou o Regimento Interno da casa. Sem quórum a sessão precisou ser encerrada.

Vereadores deixam a Sessão.
Anuncie aqui
Anuncie aqui

A sessão desta segunda-feira (19-12) teve um desfecho surpreendente para os poucos moradores que acompanhavam o trabalho do legislativo de Itaipulândia durante a votação da nova Mesa Diretora. Durante a leitura do projeto que abria a votação o então Presidente Claudemir Roth “Nenê” não seguiu o script, quando pulou a leitura do artigo 15, parágrafo primeiro do Regimento Interno, onde deveria suspender a sessão por cinco minutos para protocolo das chapas para concorrer a mesa diretora.

Moradores que NÃO viram a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Itaipulândia.

Ao invés disso, o então Presidente Nenê leu o Artigo 99, que diz que nenhuma proposição poderá ser colocada em discussão, sem que tenha sido protocolizada na secretaria da Câmara até o final do Expediente externo das quintas-feiras que antecedem o início das Sessões, salvo disposições em contrário da Lei Orgânica do Município.

Diante do impasse entre posição e oposição que pretendia inscrever uma nova chapa para concorrer a mesa diretora, cinco vereadores André Luis da Silva Royer, Vilso Nei Serena, Adolfo Florêncio Preis, Claudemir da Silva Homem e Marcos Paulo Coradini optaram em deixar a sessão, já que o Presidente da Câmara insistiu em continuar a leitura da chapa encabeçada pelo vereador Fernando Antunes, não permitindo a manifestação da intenção de registro de uma nova chapa por parte dos cinco vereadores citados.

Vereadores deixam a sessão depois de insistir com o Presidente para inscrever uma segunda chapa para concorrer a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Itaipulândia.

O clima esquentou a ponto do Presidente Claudemir Roth encerrar a sessão quando deveria ter seguido as orientações que estavam no script. De acordo com o Dr. Leandro Schwenk, que representa o jurídico da Casa de Leis de Itaipulândia, o Presidente infringiu o regulamento e ficou sem quórum para prosseguir com a votação, e consequentemente com a Sessão, que precisa no mínimo de cinco representantes para acontecer e eles estavam em apenas quatro vereadores no plenário. Agora uma nova sessão deverá ser realizada nos próximos dias, para tanto a convocação deverá ser publicada em Diário Oficial ainda nesta terça-feira (20-12).

Jurídico conversa com os quatro vereadores que pretendiam eleger Fernando Antunes como Presidente da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Itaipulândia.
Anuncie aqui