Policiais fecham mais de 20 portos clandestinos em Itaipulândia

Pontos eram utilizados por contrabandistas e traficantes; esta é a segunda fase da Operação Lago Seguro

Foto: Assessoria
Anuncie aqui
Anuncie aqui

Foi concluída nesta semana a segunda fase da operação Lago Seguro, que tem como objetivo o fechamento de portos clandestinos e seus acessos, utilizados por quadrilhas de traficantes e contrabandistas que atuam no lago de Itaipu.
Nesta fase, as ações integradas de policiais federais, BOPE, BPFron e COPE, foram realizadas no município de Itaipulândia/PR, onde houve o fechamento de mais de 20 portos clandestinos, resultando em um duro golpe na estrutura logística do crime organizado que atua no lago de Itaipu.
Com apoio de maquinário de grande porte, os policiais, depois de fazerem o mapeamento dos locais utilizados por contrabandistas e traficantes, destruíram acessos e fecharam pontos de desembarque de mercadorias e materiais ilícitos no lago de Itaipu. Além disso, esses tipos de ações vem inibindo o desmatamento nas áreas ribeirinhas, devido a montagem de pontos de apoio ao contrabando e ao tráfico.
As ações da operação Lago Seguro vem sendo realizadas com intuito de fortalecer a presença das forças policiais na região, levando maior sensação de segurança a população local.
Outras etapas estão sendo planejadas de forma a mitigar os efeitos nocivos da atuação de quadrilhas especializadas em crimes transnacionais que geram grande prejuízo a população local e ao erário.
A Polícia Federal possui um canal de denúncia para receber todo tipo de informação que possa auxiliar as atividades de repressão e investigação. As denúncias tem garantia de sigilo e anonimato, não sendo preciso se identificar.

Disque-Denúncia
(45) 99116-8691 (telefone/Whatsapp)

Anuncie aqui